Bitcoin atinge US$51mil em meio à desvalorização do dólar e com fortalecimento altista no curto prazo

Bitcoin acima de US$51.000 com a estagnação do dólar, mostrando sinais de alta no curto prazo.



Índice do dólar americano (DXY) está mostrando sinais de um topo no curto prazo, e o preço do Bitcoin (BTC) demonstra sinais de uma alta no curto prazo.

Há uma narrativa de que o preço do Bitcoin muitas vezes coincide com uma queda no valor do dólar.

Como as reservas de valor, como ouro e Bitcoin, são precificadas em relação ao dólar, teoricamente, uma tendência de baixa no DXY provavelmente teria um impacto positivo no preço do BTC.

Bitcoin retoma US$50.000 novamente
À medida que o dólar começou a se consolidar, o Bitcoin quebrou acima de US$50.000 em 3 de março, colocando-o no caminho certo para testar novamente o nível de resistência de US$51.600.


Acima de US$51.600, há pouca resistência até US$56.000. Portanto, ultrapassar este nível é fundamental para garantir o momentum de alta no curto prazo.

Bitcoin Jack , um trader semipseudônimo, que previu a mínima em US$3.600 em março de 2020, disse:

"Considerando que é muito provável que um pacote de estímulo de US$1,9T seja aprovado nas próximas 2 semanas, meu melhor palpite é que o dólar está no topo aqui. Pode estar errado, mas a estrutura também parece muito semelhante à consolidação anterior."


Se o Bitcoin continuar a subir com a estagnação do dólar, isso pode permitir que o BTC se beneficie simultaneamente de dois fatores macro.

Primeiro, a queda do dólar naturalmente beneficia o Bitcoin. Em segundo lugar, o iminente estímulo de US$1,9 trilhão de dólares poderia servir como um catalisador para uma recuperação mais ampla do BTC ao diluir o valor do dólar.

O Bitcoin provavelmente despencou na semana passada devido ao clima macro instável, com o dólar começando a subir e os rendimentos dos títulos subindo para uma alta anual.

Se as condições macroeconômicas foram o principal catalisador para a desaceleração do Bitcoin, agora que os rendimentos dos títulos estão diminuindo, isso poderia prejudicar o ímpeto do BTC nas próximas semanas.

US$42,9mil foi o valor mínimo local?
De acordo com John Cho, o diretor de expansão global do Ground X, US$42.900 era provavelmente o mínimo local para o Bitcoin em um futuro próximo.

Cho previu anteriormente uma desaceleração do Bitcoin de curto prazo, esperando uma queda para cerca de US$40.000 a US$41.000. O BTC não caiu tão baixo, mas caiu para menos de US$43.000, quase completando uma queda de 30% de sua alta local. Cho disse:

"A partir de agora, 42,9 mil parece ter sido o fundo (local). De qualquer maneira, fico feliz que os touros estejam de volta ao controle."


Embora US$44.000 representasse um nível de suporte importante, a rápida recuperação do Bitcoin para US$51.000 sugere que a queda em si foi um desvio.

Na análise técnica, o termo desvio se refere a quando um ativo cai ou sobe brevemente acima de um nível principal e, em seguida, reverte para a média.

Após a forte recuperação do Bitcoin, é fundamental para a criptomoeda dominante testar novamente a área de resistência de US$56.000. Acima dele, o caminho em direção a uma nova máxima de todos os tempos está aberto, tornando US$60.000 a próxima meta provável.

Fonte: Cointelegraph